Factóide! Factóide!
Menu
Search
A cerveja que nos une
o que nos une eh a cerveja

Como o que temos em comum pode ser a saída para não discutir tanto por aí.

BBS, lista de discussão por e-mail, IRC, ICQ, SoGamed, Fotolog, MSN, Orkut, Facebook, Instagram, Whatsapp… Já rodei um pouco por várias comunidades on-line com temas que variaram do RPG à música eletrônica, dos livros ao Counter Strike.

Uma das minhas últimas paragens virtuais é comunidade cervejeira da internet e desde quando passei a me aprofundar no assunto, notei algumas peculiaridades interessantes.

A maioria das comunidades tende a possuir membros que, em linhas gerais, tem muitas preferências em comum, pontos de vistas parecidos sobre a maioria dos tópicos.

Na cerveja, não. A cerveja, a priori, não segrega. Qualquer um gosta, sem precisar de mais requisitos, qualquer um é um catedrático dos copos e colarinhos.

E a linha do tempo do Facebook rola, e se vê amigos de direta e de esquerda, se vangloriando em ter encontrado uma cerveja rara. Para poucos.

troll cover

Não deu no NY Times, mas a Time levantou a bola (sem saber ler em português): Por que estamos perdendo a internet para a cultura do ódio.

 

Como todo lugar onde haja um campo de texto, existem por lá alguns seres irascíveis, prontos para atacar tudo e a todos.

Entretanto, na comunidade cervejeira, muitas vezes tenho a impressão que a taxa de natalidade de trolls é maior.

Mas, na minha opinião, o caldo de inflamadas discussões muitas vezes entorna (faço aqui uma mea culpa inclusive) justamente por causa das diferenças das pessoas dentro da faculdade.

Nesse fermentador se encontram pessoas dos mais diferentes ideias, com as mais diferentes ideias, crenças e motivações. E as vezes é difícil se dar conta que aquele com o pensamento diferente não é inimigo, não está todo errado.

Usei a cerveja como exemplo, mas no nosso dia-a-dia é o momento de primar por aquilo que concordamos, pelo que dá liga.  Debater opiniões com um bom nível e respeito entre os interlocutores é ouro.

E para finalizar, lembro-me do conselho que era repetido como mantra na saudosa lista Trails-RPG, que diz mais ou menos assim:

“Seja criterioso com o que você escreve e maleável com o que você lê.”

E tenha uma boa internet.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/factoide/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044