Cerveja

Uma garrafa de cerveja vale 100 reais?

01 AGO
2016
1 Comentário

Uma das minhas grandes curiosidades da vida é saber a relação do Jorge Paulo Lemann com as artesanais controladas pela AMBEV. Será que ele já tomou uma Wäls do Mad Lab? Há em sua adega uma coleção inestimável de cervejas raras que ele provavelmente não dá valor já que prefere Skol, em latinhas palito?

Esse pensamento voltou a minha mente após a notícia de que, finalmente, haverá uma importação oficial da Bourbon County Brand Stout da Goose Island, uma das joias da coroa da AB-Inbev (SABMiller etc.), pelo menos no que se refere a qualidade.

Trata-se de uma cerveja de referência, pioneira na técnica onde o líquido passa por um processo de envelhecimento em barril de carvalho que já abrigou um destilado (no caso, bourbon).

bourbon county no brasil

Imagem da fanpage da Goose Island no anúncio da vinda para o Brasil.

Uma lenda que surgiu nos anos 90 e ganha mais notoriedades a cada ano, quando em seu lançamento estadunidense, na sexta feira após o Dia de Ação de Graças, provoca uma verdadeira comoção nacional em buscas de suas garrafas, na versão clássica e edições especiais.

Uma experiência que custará no mínimo cem reais. Mais de 10% do salário mínimo brasileiro por uma garrafa de 500 ml, sem contar o frete, já que para a maioria dos apreciadores, o acesso ao lote limitado se dará pelo site Empório da Cerveja.

E vale? A resposta não é simples e dotada de grande subjetividade.

A Bourbon County custa pouco mais de 10 dólares se comprada em uma loja nos EUA (valor considerado alto por lá). Não se trata de uma cerveja extremamente rara, mas não é muito simples encontra-la, pois logo após o lançamento os aficionados (e o mercado negro) tentam conseguir o maior número de garrafas possíveis. Não é incomum se cobrarem uns 20 dólares em uma edição recente no mercado paralelo de lá.

Logo se você jogar na ponta do lápis, o câmbio, o frete, a raridade (na publicidade, informam apenas 672 garrafas) e os demais custos do Brasil, o preço não é uma irrealidade. Inclusive, recentemente houve venda (também restrita) da Founders KBS por 75 reais (a garrafa de 300 e poucos mililitros).

Em um passado não muito distante...

Em um passado não muito distante…

Mas é fato que com o mesmo valor, você pode aumentar o seu estoque pessoal com algumas artesanais ou comprar uma grande quantidade das marcas massificadas.

E talvez o ideal nem seja beber a sua Bourbon Garoupa de imediato. Talvez você deseje deixa-la envelhecer, ou guarde-a para uma ocasião especial, ou até mesmo não esteja pronto para apreciar na totalidade as características sensoriais.

Sim, digo por experiência própria, que dependendo do  grau de intimidade  do bebedor com cervejas extremas, stouts e afins (sem contar a expectativa nas alturas), o momento pode ser prejudicado. Agora se você gosta das Petroleum, da Ithaca, da Monjolo, divirta-se.

Uma outra opção para apreciar cervejas como essa, já que o alto preço não é exclusividade da BCBS, é dividir com amigos. Como se trata de uma cerveja potente, onde você poderá passar mais de meia hora apreciando o conteúdo de meia garrafa, talvez essa seja uma opção interessante.

Mesmo se não for um dos caçadores desse pokemon raro, fico feliz pelo momento, afinal de que adianta a mega corporação ter raízes brasileiras se uma das melhores coisas que ela fabrica não chegava por aqui.

 

Publicado em Cerveja por às 09:06
com as tags , , , , , , ,
Espalhe a palavra:
AddThis Delicious Facebook Google Buzz MySpace Orkut Posterous Tumblr Twitter

Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/factoide/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1044